Tudo o que É Sólido Pode Derreter

Mayara Constantino, que protagoniza "Tudo o que É Sólido Pode Derreter", e Gilda Nomacce

"Ninguém gosta da aula de literatura, mas eu gosto." Quem diz isso é a adolescente Thereza, da série "Tudo o que É Sólido Pode Derreter".


A frase traz embutida a proposta do programa, cuja primeira temporada foi exibida pela TV Cultura e é lançada em uma caixa com quatro DVDs: transformar um tema que a maioria dos jovens parece detestar --a literatura e seus clássicos-- em algo palatável.


Não é proposta nova, nem de fácil execução. Os diretores (os jovens Rafael Gomes e Esmir Filho, famosos pelo hit do YouTube "Tapa na Pantera") optaram por fazer uma espécie de "Malhação" com ambições intelectuais e educativas. O que a série tem de mais positivo é sua abordagem moderna das obras clássicas --se não chegar a ser iconoclasta, certamente tempera a reverência com pitadas de senso crítico.


"Bizarra essa história de achar sermão obra de arte", diz Thereza sobre "Os Sermões", do padre Vieira. Do mesmo modo, outros clássicos do vestibular --"Auto da Barca do Inferno", "Os Lusíadas", "Senhora", "Dom Casmurro" etc.-- são apresentados sem que sua dificuldade potencial para os jovens leitores de hoje seja desprezada.


Ou seja, em vez de dizer ao espectador "olha, isso é um clássico, você tem que ler porque é importante, uma obra-prima etc." --uma linha de argumentação que costuma ser contraprodutiva--, o programa diz coisas como "ah, depois que você começa não é tão difícil".


Se isso realmente funciona como estímulo para os espectadores se lançarem às páginas dos clássicos, é difícil dizer. Mas a tentativa é válida, e a atriz protagonista (Mayara Constantino) é boa. A série pode ser vista gratuitamente on-line, em tvcultura.com.br/tudooqueesolido.
 

TUDO O QUE É SÓLIDO PODE DERRETER
 
Quando: amanhã, das 11h às 15h, na livraria Cultura do shopping Bourbon Pompeia (r. Turiassú, 2.100); na TV Cultura, seg., às 18h; dom., às 13h30
 
Quanto: R$ 99
 
Classificação: livre
 
Avaliação: bom

0 comentários:

© 2008 Por *Templates para Você*