Cinema: estreias da semana são marcadas por personagens míticos

As estreias deste fim de semana passeiam por diferentes caminhos do mundo da fantasia. Os filmes trazem histórias sobre personagens míticos bem diferentes, mas que povoam o imaginário dos seres humanos há muito tempo. O Lobisomem, de Joe Johnston (Jumanji, Jurassic Park III e IV), dá uma revisitada no clássico de terror de 1941 sobre a criatura meio homem, meio lobo. Já Percy Jackson e o Ladrão de Raios, de Chris Columbus (Esqueceram de Mim e O Homem Bicentenário), evoca a mitologia grega e mostra que os deuses do Olimpo continuam a influenciar a vida dos humanos.




O Lobisomem (The Wolfman, 2010) é uma produção anglo-americana que foi cunhada para ser sucesso. Além do tema, que sempre chama muita atenção, reúne um elenco de primeira, com Benício Del Toro, Emily Blunt, Anthony Hopkins, Hugo Weaving e Geraldine Chaplin, e capricha nos efeitos especiais. A maquiagem, por exemplo, foi feita por um dos magos nessa arte, o veterano Rick Baker. Ele já havia trabalhado num clássico do gênero (Um Lobisomem Americano em Londres) e assina as elogiadas transformações do clipe de Thriller, de Michael Jackson.


Em entrevistas, Baker tem dito que não inovou muito nesse quesito. Utiliza as mesmas técnicas que vêm sendo aplicadas há décadas e até aproveita para fazer piada, ressaltando que no caso de Benício Del Toro não teve muito trabalho para transformá-lo. Segundo ele, em vista da aparência um tanto licantrópica do ator, bastou acrescentar os pêlos e os dentes grandes e estava pronta a aterradora criatura.


Inspirado pelo filme clássico da Universal, O Lobisomem vai nas origens do mito do homem amaldiçoado com o poder de se transformar em lobo quando a Lua está cheia. Benício Del Toro é Lawrence Talbot, um nobre que retorna para a propriedade da família, depois do desaparecimento de seu irmão. Reunido com o pai (o ganhador do Oscar Anthony Hopkins) de quem estava há muito afastado, Talbot inicia a procura por seu irmão e descobre que fatos estranhos estão ocorrendo no local.


Ele havia deixado o povoado vitoriano de Blackmoor e passado décadas se recuperando e tentando esquecer o passado, mais especificamente a morte da mãe. Mas um incentivo a mais o faz ter certeza de que quer ficar. Quando a noiva de seu irmão, Gwen Conliffe (Emily Blunt), o procura para ajudá-la a encontrar seu amor desaparecido, Talbot percebe que sente mais do que vontade de auxiliá-la ou de encontrar o responsável pela morte do irmão.


Só que as coisas não são tão simples. Fica sabendo que algo com uma incrível força e uma sede insaciável por sangue vem matando pessoas no povoado e que um desconfiado inspetor da Scotland Yard, chamado Aberline (Hugo Weaving), já esteve investigando os casos. Na medida em que ele reúne as peças deste sangrento quebra-cabeças, toma conhecimento de uma antiga maldição que torna os atormentados em lobisomens em noites de lua cheia.


Agora, se ele pretende acabar com o massacre e proteger a mulher pela qual se apaixonou, terá que destruir a terrível criatura que habita a floresta em torno de Blackmoor. Pode ser algo tão complicado quanto perigoso. Pode representar seu próprio fim.




Do livro para a tela - Percy Jackson e o Ladrão de Raios (Percy Jackson & The Olympians: The Lightning Thief, 2010) é outro que tem a seu favor uma fórmula de sucesso. É baseado num grande êxito editorial do momento (do autor norte-americano Rick Riordan), que traz o vasto mundo das mitologias ancestrais para histórias ambientadas nos dias atuais. Além disso, tem a assinatura de um dos maiores criadores de filmes clássicos do cinema hollywoodiano, Chris Columbus. Uma história que começou no meio da década de 1980, com Gremlins. Seu nome está ligado a diversos outros trabalhos importantes (seja como produtor, roteirista ou diretor). Além dos já citados, pode-se destacar Os Goonies, O Quarteto Fantástico, Uma Noite no Museu e três longas de Harry Potter.


Em Percy Jackson, os deuses do Olimpo continuam vivos e ainda se apaixonam por mortais e têm filhos que poderão vir a se tornar grandes heróis. Mas, antes, essas crianças terão de chegar até a idade adulta e, nesse caminho, muitos perecerão ao tentar cumprir as provas que lhes são colocadas. Somente alguns afortunados conseguirão descobrir sua verdadeira identidade e encontrar o caminho para assumirem-se semideuses.


É o tipo de revelação que lança o jovem Percy Jackson, de 12 anos, na maior aventura já sonhada. Com o tempo, ele aprende que os Deuses do Olimpo ainda existem, assim como outras criaturas mitológicas, como Minotauros, Centauros e Titãs. Ele segue uma jornada para ajudar seu verdadeiro pai, o deus do mar Poseidon, a fim de evitar uma guerra que Zeus está prestes a iniciar entre os deuses. Tudo por conta de um raio roubado.


Percy, que ganha a espada Anaklusmos, um presente de seu pai, entregue pelo centauro Quíron, seu professor de latim e mentor, é acusado de roubar o símbolo de poder do Deus mais temido do Olimpo. Então, a luta é para tentar provar a inocência com a ajuda de seus amigos: Grover Underwood e Annabeth, filha de Atena. Com eles, Percy terá de ir ao submundo e se encontrar com Hades, o senhor dos mortos.


No elenco, além do jovem Logan Lerman (Percy), estão Pierce Brosnan, Uma Thurman e Sean Bean, Steve Coogan e Catherine Keener. Fonte: A Gazeta



Super promoção de DVDs e Blu-ray SubMarino

0 comentários:

© 2008 Por *Templates para Você*